<body>

Deixa com o Beque !!

quinta-feira, fevereiro 14, 2002

De uma amiga do "Delícias Cremosas"

"Existem algumas técnicas de siririca que eu aprendi quando era presidente do Clube da Siririca.
1) A manjada técnica do chuveirinho jorrando água quente sobre o grelo.
2) A técnica de ventilação:
Ou o trepê começa a assoprar como se fosse uma bixiga de aniversario..
ou, na falta de um bofe para fazer o furacão na sua xoxotona, a senhora compra um ventilador portátil e mira para a sua buceta.. e entrega para Deus !!
Eu já experimentei essas técnicas e vale a pena !!"


*Publicado por Dhuvi-Luvio 10:33 PM




Comprei a revista TRIP que diz na capa que a LUANA PIOVANI está nua, clicada pelo JR Duran.

Me fodi !!!
Não aparece nem sombra dos pentelhos da filha-da-puta.
O pior é que em uma entrevista antiga ela disse que não ia nunca liberar a "perereca".
Os peitinhos era liberou !! Perdão, peitões !!!

Acho que isso tudo é um jogo para o cachê da PLAYBOY subir mais ainda. Querem apostar ???

*Publicado por Dhuvi-Luvio 10:26 PM


Diálogos:
"Por que bebes?"
"Bebo para esquecer."
"Esquecer de quê?"
"De que tenho vergonha."
"Vergonha de quê?"
"Vergonha de beber!"

*Publicado por Dhuvi-Luvio 10:21 PM










Você tem dólar e não sabe o que fazer com eles ??

*Publicado por Dhuvi-Luvio 9:51 PM


XAIANE E ROSA MAGALHÃES

Sucesso no Brasil é ofensa pessoal, disse Tom Jobim – e olha que ele não teve tempo de ver o que aconteceu na televisão esta semana. Setenta e cinco por cento dos espectadores da Rede Globo consideraram a carnavalesca Rosa Magalhães culpada por tornar a Imperatriz Leopoldinense uma escola mais técnica do que emocionante. A bar-woman Xaiane, sem que houvesse justificativas formais pelo rancor, foi demitida do Big Brother Brasil por 77% da audiência.
Ninguém perdoa Rosa Magalhães de ter sido campeã três anos seguidos do carnaval carioca e quando a sua escola entrou na avenida recebeu a única vaia da noite. Rosa respondeu com o de sempre: um desfile espetacular. Xaiane, de quem não se sabe o passado, aparentemente foi culpada de ter o corpo mais bonito do BBB, pintar os cabelos e dar uns amassos num colega por quem se engraçou. As duas passaram a semana enxovalhadas pelo preconceito.
O Brasil, que não perdoava a mania de Tom Jobim criar maravilhas, e o processou várias vezes por plágio, pegou o telefone para dizer que não é só o sucesso. Não perdoa também o talento, a beleza e, quando for chamado novamente, punirá a riqueza por mérito próprio, o prestígio por causa nobre e qualquer outro valor notável que ouse os cornos acima da manada. A pena que se deseja para esses infelizes do sucesso pode ser o rebaixamento para o desfile das escolas do segundo grupo ou a simples expulsão do jogo global. Mas também já houve punição com o apedrejamento. Rosa e Xaiane são as Genis da temporada.
A carnavalesca teve a desgraça de dar continuidade ao incrível grupo de artistas que, a cada década, revoluciona o visual da festa carioca. Nos anos 60, Fernando Pamplona, professor da Escola de Belas Artes, inventou novo padrão visual para o espetáculo, sem deixar que ele se afastasse de suas raízes negras. Joãozinho Trinta veio em seguida com carros enormes cheios de mulatas seminuas. Nos anos 80, enquanto Arlindo Rodrigues apostava na imponência do barroco, Maria Augusta antecipava a alegria do piscinão de Ramos com enredos descontraídos tirados do dia-a-dia. Rosa Magalhães pegou o bastão na década de 90. Nunca o país produziu shows tão bem acabados, com 4 mil artistas ensaiados e carros que usam a tecnologia de olho sempre na mais delirante criatividade. Quem mandou?!
O Brasil, sempre cordial com os fracassados, não perdoou. Vaiou na avenida, reclamou com a Globo, escreveu no jornal que a escola era fria e pediu, pelo amor de Deus e Mano Décio da Viola, que os jurados não consagrassem tamanha beleza com mais um título. Não deu outra. A Imperatriz Leopoldinense, que mais uma vez apresentou um desfile excepcional, ficou com o terceiro lugar. Rosa sabe, no entanto, que o rancor ao talento alheio não se satisfaz com pouco, e já prepara os ouvidos para outra vaia no desfile das campeãs. "O Brasil não merece o Brasil", cantava Elis Regina, também amaldiçoada por ser técnica e, conseqüentemente, fria.
Xaiane sofreu a mesma acusação no programa Big Brother Brasil. Loura, burra, pobre, nordestina e popozuda, achou que era pouco estigma e, depois de um rápido conhecimento, juntou-se por baixo do edredon com um sarado mais bronco ainda. Seus parceiros de programa, todos cidadãos finíssimos, consideraram que ela estava sendo amoralmente técnica. Xaiane podia dar a impressão, pelos movimentos embaixo da colcha, de ser quente. Mas 77% dos brasileiros acharam que ela estava sendo maquiavelicamente fria. Tudo não passaria de uma armação, dissociada de qualquer paixão pelo troglodita, apenas para se manter no programa.
E fez-se justiça. Acusada ainda de falsear a idade, falsear a cor dos cabelos e falsear o que fazia nas noites depois de jogar garrafas para o ar como barwoman, Xaiane ofereceu-se como a Geni do Chico para as pedradas. Desarticulada verbal, a calipígia que não saberia o sentido ou sequer soletrar sua mais evidente qualidade, não atacou de volta. Pelo contrário. Nas poucas vezes em que conseguiu completar uma frase pediu desculpas a um outra participante. Calculista! Onde pensava que ia com todo aquele corpo?!
As idéias de Rosa e os rebolados de Xaiane passam a vida em sambódromos distintos, mas nada como o preconceito brasileiro para aproveitar o carnaval e juntar as duas na mesma ala das malditas. A carnavalesca tem a arrogância dos que sabem tocar um instrumento – e nunca se preocupou em trocar a beleza majestosa de sua arte por qualquer salamaleque ao populacho. Se Joãozinho Trinta percebeu antes de todos que povo gostava de luxo, foi Rosa quem deu o melhor acabamento visual à idéia. Não tem culpa de ter sido tão vitoriosa.
Xaiane entendeu, com seus dois neurônios, que Carla Perez já tinha faturado o truque de descer com os dois glúteos na boquinha da garrafa – e seguindo a evolução natural das louras partiu em busca do sucesso fazendo outros malabarismos garrafais. Tinha a arrogância das que sabem o valor da sua moeda de 100 centímetros no câmbio nacional – e também esqueceu do sorriso de desculpas.
"Parece que era isso", dizia Cristiana, "parece que foi aquilo", dizia Leka – e a versão das vizinhas de quarto, fofoqueiras tão Brasil!, virou fato. Xaiane foi posta na rua pelas little sisters e o namorado – "só te queria para curtir uns beijos, vou pegar outra" – em rede nacional de humilhação. Tom Jobim e Rosa Magalhães sabem por quê. Ninguém na casa suportaria ver sua alegria vitoriosa quando o telefone tocasse e do outro lado viesse a melodia sublime na vida de todas as louras: "Oi Xaiane, aqui é da Playboy".

Joaquim Ferreira dos Santos é jornalista.

*Publicado por Dhuvi-Luvio 9:37 PM


terça-feira, fevereiro 12, 2002


Para quem acredita nisso, essa "coisa" do lado é um ectoplasma produzido pelo maluco ao lado.

Clique na foto para ver mais merdas do gênero...

*Publicado por Dhuvi-Luvio 2:27 PM







Matéria na SUPERINTERESSANTE : A Morte
Reconcilie-se com a morte. Não por morbidez, não para se esquecer de viver, não porque seja bom deixar de existir. Mas simplesmente porque ela vai acontecer e não somente com você – mas com todos os que andaram, andam ou venham a andar sobre a Terra. A você e a mim, portanto, resta apenas aprender a conviver com ela. Encará-la de frente, compreendê-la, admiti-la. Em vez de escamoteá-la, negá-la, escondê-la. E, quem sabe, assim, sofrer menos com a visita que ela nos fará um dia e com os eventuais sinais da sua presença que ela já tenha plantado ao nosso redor. Desejo uma excelente vida para você. E uma boa morte.


PARA SABER MAIS

A Arte de Morrer,
Marie de Hennezel e Jean-Yves Leloup.
Editora Vozes, Petrópolis, 1999

A Solidão dos Moribundos,
Nobert Elias.
Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro, 2001

Da Morte,
Roosevelt Cassorla (org.).
Papirus Editora, Campinas, 2001

Distanásia – Até Quando Prolongar a Vida?,
Leo Pessini. Edições Loyola/Editora do
Centro Universitário São Camilo, São Paulo, 2001

Memento Mori,
Muriel Spark.
Companhia das Letras, São Paulo, 2001

Morrer Não Se Improvisa,
Bel Cesar.
Editora Gaia, São Paulo, 2001

Morte e Desenvolvimento Humano,
Maria Júlia Kovácz.
Casa do Psicólogo, São Paulo, 1992

O Livro Tibetano do Viver e do Morrer,
Sogyal Rinpoche.
Editora Talento, São Paulo, 1999

Reflexões sobre a Vida e a Morte,
Vera Lúcia Rezende (org.).
Editora da Unicamp, Campinas, 2000

*Publicado por Dhuvi-Luvio 2:02 PM




Puro Catarro

Prevenir o câncer na próstata é um ato de amor: você mulher que se preocupa com seu par faça um fio-terra diário no seu homem e verifique o estado dessa glândula mal resolvida pela natureza, assim como seus ovários que, certamente, um dia também vão dar oficina. Use os dedos "Pai de Todos", "Fura-Bolo" e "Seu Vizinho", todos juntos. Sem lubrificação, porque ela pode mascarar os sintomas. Utilize o fator surpresa. Introduza os 3 dedos de uma vez só (sistema trifásico), até a última falange. Aproveite quando ele estiver distraído com as gostosas do carnaval. Ou durante um 69. O Pai de Todos servirá de guia, se o cara tiver o cu peludo. Anáilise: se o cara gritar, é câncer. Se gemer, é viado. Se xingar, não ligue: homem não presta mesmo, é tudo ingrato. Se não der sinal nenhum, o problema é com você, menina, que está com um cara totalmente arrombado e ainda por cima insensível.

*Publicado por Dhuvi-Luvio 1:49 PM



domingo, fevereiro 10, 2002




Da série tem mesmo de tudo na Internet. Um site feito só para cabelos do sovaco. Fala sério, aí !!

*Publicado por Dhuvi-Luvio 3:06 PM



TESTE DE ALCOOLEMIA (Bafômetro danificado)

Um homem vai conduzindo o seu carro na estrada quando é parado pela polícia rodoviária:
- O senhor vai ter que fazer o teste da alcoolemia, mas como o nosso bafômetro está avariado, vou-lhe fazer umas perguntas para saber se você bebeu ou não...
- O senhor vai na estrada de noite e vê duas luzes na sua frente. Que é que você pensa que são essas luzes?
- Só podem ser de um carro.
- Sim, mas de que marca? Mercedes, BMW, RENAULT, PALIO, GOL...
- Como é que eu hei de saber?
- Começámos mal. Parece que o senhor não vai passar no teste.
Pergunta seguinte:
- Você vai na estrada e vê somente uma luz vindo de frente. O que é essa luz?
- Uma moto.
- Sim, mas que moto? Kawasaki, Suzuki, Yamaha, Honda...
- Mas como é que quer que eu saiba?
- Bem, definitivamente, o seu teste de alcoolemia vai dar positivo.
O homem, já muito chateado, diz ao polícia:
- Posso fazer-lhe uma pergunta?
- Sim, faça-a.
- O senhor vai na estrada e encontra uma senhora com pouca roupa, de minissaia, um grande decote e...
rodando a bolsinha. O que será?
- O que é que há-de ser? Uma prostituta!...
- Sim, mas que prostituta? A sua mãe, a sua irmã, a sua prima...

*Publicado por Dhuvi-Luvio 2:39 PM


*Publicado por Dhuvi-Luvio 2:38 PM


ESCOLHA O ADESIVO DO SEU CARRO

1. Aqui é como o World Trade Center, só entra avião!!!

2. Sexo demais prejudica a memória e outra coisa que não
lembro agora!!!

3. Para evitar filhos, transe com sua cunhada... Se
nascerem, serão sobrinhos!!!

4. Não confunda, catraca de canhão com conhaque de
alcatrão!!!
(colado num carro de um oficial da Marinha)

5. Carro é só um meio de transporte!!!
(colado em um Corvette)

6. Nois capota mas num breca!!!

7. Se rodar o guarda pega, se parar o banco toma!!!
(adesivo em lotação clandestina em SP)!!!

8. Sob NOVA DIREÇÃO: recém desquitada!!!
(colado em um corsa dirigido por mulher em SP)

9. Mulher de mini-saia é o mesmo que cerca de arame
farpado, cerca a propriedade, mas não tapa a visão;

10. O homem foi feito primeiro que a mulher, para a
mulher não dar palpite;

11. Respeite a mulher do próximo, principalmente se o
próximo estiver muito próximo;

12. Eu sempre me importei com a beleza interior da
mulher. Uma vez dentro...BELEZA!!!

13. 99% da beleza feminina sai com água e sabão;

14. Comecei a beber por causa de uma mulher, e nunca tive
a oportunidade
de agradecê-la;

15. Não se esqueça, Jesus te ama... Mas eu não!!!

16. ENTROMETEU!!!
(adesivo colado em um corsa branco com vidros pretos)

17. Só o Ctrl+S salva!!!
(zoando "SÓ JESUS SALVA")

18. A inveja é uma merda!!!
(colado em um Audi TT)

19. Adesivo colado na traseira de um carro:
Se você estiver sem calcinha, dá uma risadinha!!!

20. Sorria... Sua mulher me ama!!!

21. Como estou dirigindo? Mal? Dane-se, o carro é meu!!!

22. 0 à 100 em 15 minutos!!!
(colado em uma Brasília)

23. Na subida paciência, na descida, dá licença!!!

24. Adesivo de um caminhão frigorífico:
Não sou palmeirense mas carrego a torcida!!!

25. Feliz foi Adão que não teve sogra e nem caminhão!!!

26. 20 buscar 100 demora 60 aqui e vamos embora!!!

27. Mulher bonita é que nem melancia, impossível comer
sozinho!!!

28. Como estou dirigindo? Ligue 0800... Ah, vá à Merda!!!

29. Filhinho de Papai é a puta que te pariu!!!
(adesivo colado em um Audi TT em SP)

30. Aqui é que nem coração de mãe: sempre cabe mais um!!!
(adesivo colado em uma perua de lotação)

*Publicado por Dhuvi-Luvio 2:36 PM




Nome : Dhuvi-Lúvio
Local: Batel-Pr
Email para mim


EM CURITIBA

Links
Antigos

Powered by Blogger
Site Meter