<body>

Deixa com o Beque !!

segunda-feira, novembro 18, 2002



Os processos que a governadora eleita Rosinha e o presidente não-eleito Garotinho movem contra os colunistas do GLOBO Arnaldo Jabor, Artur Xexéo, Fernando Pedreira e Mauro Rasi mostram, de forma eloqüente, o que o primeiro-casal do Estado do Rio de Janeiro entende por liberdade de expressão: uma imprensa subserviente, que não discorde, não critique, não ironize. Uma imprensa chapa branca. No caso, chapinha branca.

Disseste bem meu caro Dapieve, aliás, meus pêsames pelo rebaixamento de seu FOGÃO...

*Publicado por Dhuvi-Luvio 12:46 PM




FOR CUM

*Publicado por Dhuvi-Luvio 12:41 PM




Do Vela que também é tricolor

Não teço loas ao Romário. Suspeito que no contrato feito com o Fluminense há cláusuras em que Romário se negaria a fazer gol no Flamengo e que em jogos contra o Vasco ele abandonaria o campo após sentir uma fisgada na coxa. Também acho que ele não emplaca 2003 nas Laranjeiras. Lá o Baixinho não se criou. Não consegiu formar panelinha, não foi aceito pelos jogadores, não conta piadinhas nem tira onda. Dos treinos ele entra mudo e sai calado. Isso quando treina, porque dentre os privilégios consentidos pela diretoria está o de treinar na academia e na praia e viajar separado do grupo. Por conta disso imagino como deve ser um treino sem Romário: o time titular jogando com 10 e os jogadores tocando a bola prum jogador invisível fazer gol.

A melhor partida do Fluminense nesse campeonato foi contra o Corinthians, no Pacaembu. Sem Romário. O time jogou solto, sem a obrigação de jogar em função dele. E foi de Romário a atitude mais vergonhosa de um jogador nos últimos tempos dentro de campo, a mãozada no Andrei no jogo contra o São Paulo.

Dito tudo isso, agora vem a constatação: sem os 15 gols de Romário o Flu não chegaria à classificação. Comparando com música, Romário foi um gênio, autor de canções belíssimas, raras no repertório atual. Hoje ele é um hitmaker. Faz músicas pra tocar em rádio e vender disco. Nas poucas vezes em que toca na bola (em poucos e simples acordes) ele resolve a parada.

Nesse domingo, na fuderosa virada contra a Ponte Preta, foi assim. No primeiro tempo ele parecia se esconder entre os zagueiros. Veio o segundo tempo e os 2 a 0 da macaca. Mas eu ainda acreditava. O Cruzeiro do Vanderlei Luxemburgo vencia o Goiás tirando a vaga do Flu. Vieram os dois gols do Roni. E agora? Restaria torcer pro Goiás empatar e colocar o Flu de novo entre os classificados. Que nada. Romário recebe a bola na área. Ele toca pra frente e perde pro zagueiro Marinho. “Filho da puta”, xinguei por ele ter desperdiçado o lance. No que eu pisco o olho, Romário toma a bola do beque, dá dois passos, chuta, a bola bate na trave e ultrapassa mansamente a linha do gol.

Agora, contra o São Caetano, é esperar que Romário não desafine e faça mais um hit.

*Publicado por Dhuvi-Luvio 12:29 PM



domingo, novembro 17, 2002


Dicionário do Lula

Alopatia = Dar um telefonema para a tia.
Abreviatura = Ato de se abrir um carro de polícia.
Açucareiro = Revendedor de açúcar que vende acima da tabela.
Bacanal = Reunião de bacanas.
Barbicha = Boteco para gays.
Caatinga = Cheiro ruim.
Cálice = Ordem para ficar calado.
Caminhão = Estrada muito grande.
Canguru = Líder espiritual de um cachorro.
Catálogo = Ato de se apanhar coisas rapidamente.
Compulsão = Qualquer animal com pulso grande.
Depressão = Espécie de panela angustiante.
Destilado = Aquele que não está do lado de lá.
Detergente = Ato de prender indivíduos suspeitos.
Determina = Prender uma moça.
Esfera = Animal feroz amansado.
Evento = Constatação de que realmente é vento, e não furacão.
Exótico = Algo que deixou de ser ótico, passou a ser olfativo ou auditivo.
Formiga = Tradução do Inglês : "Para uma Amiga".
Genitália = Órgão reprodutor dos italianos.
Homossexual = Sabão utilizado para lavar as partes íntimas.
Leilão = Leila com mais de dois metros de altura.
Locadora = Uma mulher maluca, de nome Dora.
Novamente = Diz-se de indivíduos que renovam a sua maneira de pensar.
Obscuro = "OB" na cor preta.
Psicopata = Veterinário especialista em doenças mentais de patas.
Quartzo = Partze ou aposentzo de um apartamentzo.
Razão = Lago muito extenso, porém, pouco profundo.
Rodapé = Aquele que tinha carro, agora, roda a pé.
Sexólogo = Sexo apressado.
Simpatia = Concordância com a irmã da mãe.
Sossega = Mulher que tem os outros sentidos, mas é desprovida de visão.
Talento = Característica de alguma coisa devagar.
Típica = O que o mosquito nos faz.
Trigal = Cantora baiana multiplicada por 3.
Unção = Erro de concordância muito freqüente (o correto seria: um é).
Vidente = Dentista falando sobre seu trabalho.
Viúva = Ato de ver uva.
Volátil = Sobrinho avisando aonde vai.
Zoológico = Reunião de animais racionais

*Publicado por Dhuvi-Luvio 8:45 PM




Nome : Dhuvi-Lúvio
Local: Batel-Pr
Email para mim


EM CURITIBA

Links
Antigos

Powered by Blogger
Site Meter