<body>

Deixa com o Beque !!

sábado, novembro 27, 2004



O que você está esperando para sair fora do IE da Micro$soft ?
O Firefox é mais seguro, mais rápido, mais amigável e... de graça!

Firefox em português

*Publicado por Dhuvi-Luvio 5:15 PM




NÃO PERCA - CLIQUE ANTES QUE FECHEM !!

O site oficial da Viviane Araujo com 14 novos ensaios liberados.

*Publicado por Dhuvi-Luvio 5:07 PM




Mais uma vez o Google inova e sai na frente.
O
"Scholar" é um serviço de pesquisa na área acadêmica.
Com teses, citações, documentos, grupos e muito mais...
Já vi que o número de "monografias chupadas" vai prolifar.

*Publicado por Dhuvi-Luvio 3:06 PM



*Publicado por Dhuvi-Luvio 2:31 PM




Será que o guri era meio atrapalhadinho das idéias, daí virou maconheiro, ou será que, por ser maconheiro, ficou meio atrapalhadinho das idéias?" Foi criando polêmica que Sérgio de Paula Ramos, convidado especial do curso "Maconha- mitos e verdades", do IV Simpósio Internancional sobre Álcool e Outras Drogas, iniciou sua fala, no primeiro dia do encontro. O palestrante trouxe o tema "Maconha e transtornos mentais: qual a relação?".

Doutor em Medicina pela Unifesp e Coordenador do Serviço de Psiquiatra do Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, Ramos apontou um dado preocupante: mais de 50% dos usuários de drogas terão mais de um distúrbio psiquiátrico ao longo da vida: "28% sofrerão de ansiedade, 18% de transtornos anti-sociais, 7% de esquizofrenia". De acordo com o palestrante, casos de uso de maconha podem denunciar psicopatologia prévia, que pode se agravar com a constância do uso da droga.

Adolescentes que fumam têm até duas vezes mais chance de se tornarem alcoólatras, cinco vezes mais de usarem maconha e até doze vezes mais probabilidade de usarem outras drogas", destacou o psiquiatra. Para ele, prevenir o consumo de tabaco pode ser uma eficiente maneira de prevenir o consumo de outras drogas; quanto mais retardado fosse o contato do jovem com a droga, maiores seriam os benefícios - se tem que experimentar cigarro, que seja o mais tarde possível, declarou.

Sobre o que vem se convencionando chamar de "uso recreacional da droga", Ramos levou a platéia a momentos de descontração. "Eu imagino um adulto, pensando: 'hoje, como eu sou mais crescidinho, não posso ir no escorrega, daí eu puxo o meu fuminho, que é a minha recreação. Isso é um absurdo. Não tem cabimento dizer uma coisa dessas", contestou.

Ramos mostrou os resultados de uma pesquisa que mediu a perda da cognição nos usuários de maconha. Um fone de ouvido emitia sons curtos e longos, alternados entre os ouvidos direito e esquerdo, os quais deveriam ser percebidos pelos dois grupos de pacientes: usuários e não usuários de maconha. Após três dias de abstinência, somente 47% dos usuários de drogas conseguiram acertar a freqüência de sons emitida, enquanto 89% dos não usuários identificou a sonoridade. "Vejam que o maconheiro perde metade de sua capacidade cognitiva. Imagina esse aluno em uma sala de aula? Como vai se concentrar? Como vai aprender? O resultado é a repetência e a evasão", destacou.

Outra pesquisa citada por Ramos investigou 1265 indivíduos na Nova Zelândia, ao longo de 25 anos. Entre o grupo, dos que nunca usaram drogas, somente 14% abandonaram a escola, contrastando com um índice de 81,8%, entre os usuários de droga. Quando o tema é entrar na universidade, entre os que nunca fumaram, 40% conseguem chegar ao ensino superior, feito alcançado por 11% dos usuários dependentes de drogas. "Você imagina esse resultado no Brasil? Esse estudo foi feito na Nova Zelândia, um país que não tem vestibular para entrar na universidade. Já pensou no Brasil, com um processo seletivo como o vestibular, como seriam esses dados?", alfinetou.

De acordo com o palestrante, os dados dos dois estudos apresentados bem revelam a extensão do dano que o uso de drogas como a maconha pode fazer. "Quem usa maconha tem diminuída a cognição numa etapa fundamental da vida, que é na juventude, quando você está construindo o seu futuro, a sua carreira, os seus relacionamentos, a sua base social. É um dano que pode ser irreparável, tendo o jovem que pagar o preço durante toda a vida", lamentou.

Sobre as relações entre o uso de maconha e a esquizofrenia, Ramos destacou que dependentes da erva têm até duas vezes mais risco de desenvolverem esquizofrenia. O alerta cabe especialmente para gestantes fumantes de maconha, que podem aumentar as chances de gerar um bebê com tendências esquizofrênicas. "O uso da maconha durante a gravidez é o segundo fator que mais pode gerar bebês com esquizofrenia. Só perde para gripes no primeiro trimestre de gravidez, que também podem ocasionar esse quadro psiquiátrico", disse o palestrante.

Com relação ao que chamou de "espetacularização da maconha", o psiquiatra citou que, algumas vezes, o próprio jornalista pode ser um usuário de maconha, acabando por buscar espaço na mídia para matérias que defendam o uso da planta. "Se ele fuma maconha, lógico que ele vai procurar um espaço para pôr uma matéria ou outra falando sobre os benefícios da droga. Mas isso não acontece só entre os jornalistas não. Muitos profissionais de saúde estão puxando fumo", polemizou o médico.

Ramos citou que costuma ser procurado pelos meios de comunicação para falar sobre os malefícios da maconha. Lembrando de uma vez em que deu uma entrevista para as "páginas amarelas" da revista semanal Veja, o psiquiatra concluiu a palestra dizendo realmente o que pensa sobre maconha: "A entrevista ia bem, até que a repórter resolveu puxar o meu tapete. Me perguntou se eu já tinha usado maconha. Eu respondi que sim. Daí ela vei com outra pergunta: 'e o que o senhor achou?'. 'Achei maconha um matinho muito fedido', respondi a ela. Hoje se alguem me perguntasse o que eu penso sobre a maconha, sem medo, eu responderia: continuo achando um matinho fedido", finalizou.

Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

*Publicado por Dhuvi-Luvio 1:40 PM


sexta-feira, novembro 26, 2004



HOT LINKS DA SEX-TA-FEIRA

- Dasha, a loira natural sem o seu comprovante...
- Ravon, a moreninha que está bombando na Net.
- Uma loira e uma morena se massageando...
- Quem vai ser excomungado por conta disso ?
- Eve, a lolita com o bumbum mais empinadinho do mundo!
- Gatas cobertas com biquini, mas só gatas !
- Magic Apple: para as mulheres terem na bolsa!
- Katia, a lolita com carinha de professora primária.
- Somente caseiras do famoso arquivosex.
- Pode pular que eu te seguro aqui em baixo...
- A dúvida que persiste: banana prende ou solta ?
- Timea: morena linda de olhos de cor verde-oliva...
- Mary e Zendy: uma loira e uma morena tentando se entender.
- Koika, o nome não ajuda muito, mas o corpo...
- Carmen Electra embrulhada para presente de natal.
- Preto contra Branca: quem ganha essa briga ?
- Latina de formas pronunciadas - album completo
- Especialista em nudismo e naturismo
- Clique no "thumbnail" e escolha a diversão preferida...
- 45 fotos de uma moreninha latina lindinha...
- Cadê a papinha da menininha linda ?
- O que as latinas tem de diferente ? Além do olhar ?
- Faltou o hardcore ? Então toma um video black in hole...
- Duas pequenas contra um grande...
- Fecho de ouro: uma ruiva com muita comprovação...

*Publicado por Dhuvi-Luvio 1:31 PM





Nome : Dhuvi-Lúvio
Local: Batel-Pr
Email para mim


EM CURITIBA

Links
Antigos

Powered by Blogger
Site Meter